terça-feira, 29 de junho de 2010

Perfeição

Sei, de própria lida, que não é nada fácil manter-se de pé quando as coisas não vão bem. Sei também que manter o bom humor quando o caos se apresenta, é mais difícil ainda. Mas nenhuma das coisas é impossível. Eu tentei. E consegui.
Passei já, por muitos reveses, que a bem da verdade me fizeram bem. Laaaaaaaaaá na frente, mas fizeram. Eu custei a compreender, mas, verdade verdadeira, eles me prepararam para algo que viria e que naquela época fatídica eu não tinha
maturidade para compreender. Xinguei, esbravejei, bati o pé, me descabelei, quase blasfemei. Mas no fim as coisas deram certo - como tinham que dar, mesmo que o resultado não fosse naquela hora exatamente o que eu pedia.
Minha avó sempre dizia que era pra eu tomar cuidado com que pedia a Deus, porque Ele poderia me escutar. Sabe quando o pai atende ao desejo do filho insistente, só pra lhe dar uma liçãozinha? Claro que Deus não vai brincar com a felicidade de ninguém. Ele não é doido. É Deus. Mas, cá pra nós, às vezes você não tem a sensação de que o Criador está brincando com você, como diriam os gregos, "experimentando" uma mexidinha diferente na sua vida, pra ver se você realmente aguenta o tranco?
Pois eu desconfiava disso, mas relutava em crer. Só que minha vida é a prova inconteste de que isso é verdade. Os pais - os que amam de verdade seus filhos -  brincam, brigam, poem de castigo, dão presentes, realizam desejos, mostram o caminho, repreendem, toleram, se impacientam, são misericordiosos, são condescendentes, são justos ( ou  não). Se somos à imagem e semelhança DELE, por que Deus não agiria assim conosco, só que com Perfeição Divina (tirando a parte do ou não)? É que esse detalhe é que faz a diferença entre ELE e nós. Deus é perfeito. E tem sido comigo. Embora eu de vez em quando chore, xingue, me descabele, etc e tal. Filhos são assim, eu sei de carteirinha, ô se sei!
E pra quê eu pus essas imagens aí (O Móvel)? Ah! É porque há muito tempo uma tia pegou um sofazinho desses - praticamente igual - deixado pelo meu avô paterno, e levou pra casa. Na época muita gente achou que ela deveria jogar fora, comprar um novinho, moderno. Ela se recusou e hoje ele fica lindinho, feito esses aí, na sua área de lazer, perto da churrasqueira, lá em Sete Lagoas (MG). Perfeito, né? Aliás, como as linhas que Deus escreve: à primeira vista parecem tortas, velhas, fora de moda e até descartáveis,  mas não são...

3 comentários:

Jussara Gehrke disse...

que delícia de texto!

todos nos sentimos assim vez ou outra...

esses sofazinhos, cheios de almofadinhas coloridas são um aconchêgo, não?

beijo
Juju

http://graceolsson.com/blog disse...

Deus escreve certo por linhas certas. N´os e que vemos enviesado.
Aprendi, a durazs penas que, as mensagens divinas nao erram.
Muitas vezes, eu estou envolvida em algo...Uma simples coisa, um blog que visito, uma musica que canto..E ai, pimba!!As coisas comecam a andar apra trás,a s opinioes divergem e eu paro e penso: É HORA DE DAR UM TEMPO..

TEM SIDO ASSIM...E EU TENHO ENTENDIDO BEM..
Dias felizes
graceolsson.com/blog

Carol Rodrigues disse...

Vim aqui agradecer sua visita ao meu CaFoFo e aproveitar pra dizer que seu blog é muito bacana, texto legal, layout legal! Gostei muito... vou visitar sempre! Ahh... e vou torcer para que a realização da viagem de sua filha seja logo logo e beeeem melhor do que a minha! Um abração pra família inteira da Lili... bjo!