sexta-feira, 1 de abril de 2011

Manifesto de Mizuneiro

Tum-tum/ tum-tum...
Abro os olhos/é manhã/pro chuveiro/acordar/calço o tênis/visto a roupa/vou malhar/abro a porta/desco a escada/subo a rua/vejo a estrada/na batida/da passada/canto a música/sinto o vento/roubo o tempo/do relógio/olho a reta/faço a curva/penso alto/quero mais/meus limites/o trabalho/a fatura/o espelho/a fissura/as crianças/a escola/pesadelos/catapora/a passada/piso certo/corro um mundo/vou pra longe/deixo tudo/para trás/a estrada/a passada/eu comigo/meu melhor/do relógio/roubo o tempo/eu por dentro/quero mais/sou capaz/vou no ritmo/olho a curva/pego a reta/pego a chuva/lavo a alma/o portão/a escada/abro a porta/to em casa/pro chuveiro/num segundo/tiro o tênis/fecho os olhos/mais um dia/coração.
Mi-zu-no/Mi-zu-no/Mi-zu-no...
Texto: Lidiana Braziolli

5 comentários:

MYLA VITACCHI disse...

Não sei quem fez o texto para a Mizuno mas realmente quem corre ou pelo menos se esforça para corre. Se identifica com cada palavra dele. É coisa de alma mesmo!
Bela postagem essa sua Lidiane!
Parabéns!

beijuuuuuuuuuuu

Alessandro S Silva disse...

Esse Manifesto é emocionante. Fico arrepiado só de ler.

Boas Corridas!!

Alessandro
http://blog42195.blogspot.com/

Blog da Lili disse...

Obrigada, gente. O texto é criação minha... é o que sinto quando corro.

lucia soares disse...

Belisimo texto, estou me tornando sua fã!

Blog da Lili disse...

Obrigada, Lúcia! Só não consegui acessar seu perfil... ta bloqueado. Mas fique à vontade pra comentar. Ando meio sumida, gente, porque machuquei a mão e não podia nem chegar perto de computador. Agora melhorou! Aff!